domingo, 14 de julho de 2019

PERGUNTA OPORTUNA

Alguém perguntou:
- Mesmo diante de tantos fatos acontecendo, porque os eleitores do Bolsonaro ainda não admitem que erraram ao eleger ele?
E eu respondo:
Pelos mesmos motivos de ainda existirem fãs de Hitler, de Mussolini e do Coronel nada brilhante Ustra.

Gilberto Cardoso Dos Santos (gcarsantos@gmail.com)

OLAVO - Gilberto Cardoso dos Santos



Gilberto Cardoso Dos Santos

JUÍZES HIPÓCRITAS



JUÍZES HIPÓCRITAS
Analise com calma:
Sérgio Bretas e a esposa são juízes. Moram num apartamento de luxo, próprio, mesmo assim recebem auxílio-moradia. Não apenas ele, ela também! Se residissem em apartamento alugado, já seria uma aberração, concorda? São quase dez mil reais retirados dos cofres públicos sem necessidade alguma. Revoltante!
Enquanto isso, a Reforma da Previdência vai retirar de um casal pobre o direito de receber duas mirradas pensões que complementariam uma à outra.
Este juiz, uma das estrelas da Lava Jato, posa de evangélico e hiper moralista. Aponta para corrupções na Esquerda enquanto ele próprio não abre mão de regalias absurdas.
O que mais me dói não é o fato dele ser assim - já era o esperado.
Detalhe: tudo indica que ele é o nome cotado por Bolsonaro, o "terrivelmente evangélico" escolhido por ele para ir para o STF.
O que me dói é pensar na multidão de alienados - católicos, evangélicos e espíritas - que ainda o aplaudem.
Felizmente, nem todos se deixaram conduzir pelo aboio piedoso. Uma senhora evangélica me perguntou sábado, retoricamente:
"Que cegueira foi essa que tomou conta do povo, hem? Parece coisa do Satanás!"
Não há exemplo maior de hipocrisia do que o vivido pelo povo religioso na atualidade.

Vejam o que diz a reportagem:

"juiz federal Marcelo Bretas, responsável pelos julgamentos da Operação Lava Jato no Rio de Janeiro, e sua esposa, a também juíza federal Simone Bretas, sempre foram ovacionados pelos defensores da Lava Jato. Mas esta imagem teve um arranhão com o pedido deles, à Justiça, claro, para que fosse mantido o benefício de auxílio-moradia de ambos, mesmo sendo casados, o que é vedado pelo CNJ (Conselho Nacional de Justiça) e tendo residência própria na cidade em que trabalham e, consequentemente, não pagando aluguel."

Até quando seremos tão ingênuos, tão gado?


sábado, 13 de julho de 2019

CAUSOS DE FAMÍLIA - Gilberto Cardoso dos Santos




CAUSOS DE FAMÍLIA - Gilberto Cardoso dos Santos


Você ouviu a mais nova
Pérola do presidente?
Não é lá tão preciosa
- De nióbio certamente
Jair, que não dá sossego
Com os cabides de emprego
Nomeia mais um parente.

É um mico atrás do outro
Messias não dá trégua
A ganância é sem limite
Maior do que qualquer régua
Ele não vê empecilho
Assim vai botar o filho
Na Embaixada da égua.

O filho é mestre em hambúrguer
E de açaí também manja
Dudu diz que é bom de língua
No verbo To Be esbanja
Tem vasta incapacidade
Mas sua especialidade
É com suco de laranja.

No colo do Tio Sam
Encontra firme agasalho
Vai dizer YES a Trump
O mais sublime paspalho
Sem falar na alegria
De cursar filosofia
Com Olavo de Carvalho.

Dizem que o Itamaraty
Está sendo aparelhado
Só quem crê na Terra Plana
Está sendo convocado
O aquecimento Global
Já não perturba o curral
Um Carvalho abriga o gado.

Papai vai sentir saudades
Do pralamentar suspeito
É hora de desmamar
Quem não quer largar o peito
Numa expressão mais exata
Chamam de diplomamata
Fere o estado de direito.

É o governo da família
Posta em primeiro lugar
Jair, que casou 3 vezes
Às famílias quer honrar
Pastor Silas deu o tom
Fora um vigoroso AMOON
Não vi o gado berrar.

O choro "dos vermelhinhos"
É encarado com cinismo
Os absurdos do Mito
Aplaudem com otimismo
Tudo ele pode fazer
Nepotismo?  pode ser!
Não pode é o neopetismo.


(Gilberto Cardoso Dos Santos)
Santa Cruz, 14.07.2014


Gilberto Cardoso Dos Santos

gcarsantos@gmail.com

quinta-feira, 11 de julho de 2019

FORA TÁBATA AMARAL (Gilberto Cardoso Dos Santos)



FORA TÁBATA AMARAL (Gilberto Cardoso Dos Santos)


Parecia joia rara
Mas era tudo ilusão
Dela a gente via a cara
Mas não viu o coração
Astrofísica ela estudou
E estrela se imaginou
No Congresso Nacional
Virou estrela cadente
Meteoro incandescente
#foraTabataAmaral



A deputada fiel
De discurso alvissareiro
Trouxe um futuro cruel
Para o povo brasileiro
A defensora da Escola
Aos ideias de Brizola
Traiu de forma cabal
Nós, que antes nela cremos
Hoje com vigor dizemos:
#foraTabataAmaral



Quando enfrentou o ex-ministro
Vélez, da Educação
Traçou um quadro sinistro
Com mágica argumentação
Ouvindo o que então dizia
Ninguém imaginaria
Que seria desleal
A quem tanto a enaltecia
Jamais pensei que diria
#foraTabataAmaral.


Naquele rosto bonito
No discurso articulado
Havia um monstro esquisito
prestes a ser revelado
Havia em seu coraçã
Sementes de ingratidão
Perfídia em potencial
A Dalila da política
Moralmente era raquítica
#foraTabataAmaral



Traiu o próprio partido
Votou com o adversário
Para atender o pedido
de Lemann, o bilionário
Quem da pobreza saiu
Contra o pobre decidiu
Causando espanto geral
Qual Brutus apunhalou
A quem nela confiou
#foraTabataAmaral



Feito aquela atriz mesquinha
Direitista e mercenária
Tábata é bonitinha
Mas se mostrou ordinária
Mesmo sendo grande a perda
Ela nunca foi de Esquerda
Pois é neoliberal
Apesar dos nosso medos
Vão-se os anéis, ficam os dedos
#foraTabataAmaral



Santa Cruz, 12.07.2019




PROBLEMAS NO PARQUE GATOECOLÓGICO (autor: Gilberto Cardoso dos Santos)



PROBLEMAS NO PARQUE GATOECOLÓGICO 

(autor: Gilberto Cardoso dos Santos)

Pense num balaio de gato
No parque de caminhada
Tem mais gato ali que gente
Cuja energia é roubada
Leio em letras garrafais
"Não pode entrar com animais"
Em uma placa da entrada.

Às vezes tenho receio
De frequentar o local
Pois vez por outra com raiva
Me chamaram de animal
Sou para a Filosofia
E conforme a Biologia
Animal racional.

Mas o animal humano
Na irracionalidade
Tentando fazer o bem
Cria uma calamidade
Peca, por sua atitude
Contra quem busca a saúde
Ou caminhar à vontade

Mas ninguém entra com os gatos
Pois lá dentro já estão
Crescem e se multiplicam
Sem nenhuma restrição
Os ratos já se acabaram
feito tigres eles ficaram
Na parca vegetação.

Do sol quente se protegem
Na sombra dos matagais
De dia ficam na pista
De noite miam demais
Aos vizinhos causam horror
Pois gemem fazendo amor
Causando inveja  aos casais.

Passa uma mulher casada
Caminha alegre e faceira
"Olha que gatinho lindo"
Fala para a companheira
Ricardo fica se achando
E o povo acaba pensando
Que  é uma mulher chifreira.

Sempre há um bom franciscano
Que à tarde lhes traz comida
Por isso,  os gatos com fome
Se reúnem na descida
Quem caminha tem receio
De passar naquele meio
E levar uma mordida.

Se sofrer uma dentada
Procure o doutor Jesus
De ter a vacina grátis
Sua chance se reduz
Muitos foram, não acharam
Pois os gatunos tiraram
Vários recursos do SUS.

Eu ando pisando em ovos
No meio da gataria
E a presença dos bichanos
Até me beneficia
Quando passa uma mulata
Digo alto: "Olha que gata"
E a mulher nem desconfia.

Alguns desejam matá-los
Algum veneno  botar
Mas sabem que com a Justiça
Poderão se complicar
Sempre tem alguém filmando
 também ficam pensando
Nos sete anos de azar.

Mesmo comendo um pernil
Não gosto de ver maus tratos
Todo bicho necessita
De cuidados mais exatos
Com o mais devido respeito
Algo precisa ser feito
Nada tenho contra os gatos

Quem Tem culpa, eu? Você
Que aos bichanos alimenta?
Muita gente só  caminha
Com o problema não esquenta
Se quer de fato ajudar
Tente pra casa levar
Uns 20, 30 ou 40.

Dá vontade de escrever
Alguns versos fesceninos
Sobre as xaninhas que fogem
Das carícias dos meninos
Vez por outra um caminhante
Suporta a dor lancinante
Dos caninos dos felinos.

Fica aqui o meu protesto
Num cordel bem humorado
Sugiro aos legisladores
Que o nome seja mudado.
Não de Parque Ecológico
Mas de Parque Gatológico
Deveria ser chamado.

Gilberto Cardoso Dos Santos
Santa Cruz, 11 de Julho de 2019



quinta-feira, 4 de julho de 2019

Olá, vô! - Gilberto Cardoso dos Santos


Infernizando os outros


Infernizando os outros

"O tempo passa, o tempo voa", como dizia a propaganda do Bamerindus e muita gente continua a tomar na poupança, a defender o indefensável. Temos no Brasil uma Direita tosca, sustentada por dissonâncias cognitivas, pesadíssima, na "insustentável leveza do ser" bolsomínion.
Persistem aqueles cujo voto é visceralmente ideológico. Um número que, felizmente, parece minguar, santificou a Direita e demonizou a Esquerda de tal modo que não vê os erros apontados em um lado, tão presentes no outro. "O inferno são os outros", dizia Sartre. Quando assim pensamos (ou melhor, sentimos) não há lugar para o exercício sadio da racionalidade. Quando razões místicas, teorias da conspiração e principalmente o medo determinam nosso voto, regredimos na história e damos lugar ao obscurantismo, pois os fins passam a justificar os meios.

segunda-feira, 3 de junho de 2019

MENTES POLUÍDAS - Gilberto Cardoso dos Santos



P.S.: Uma pessoa amiga, muito querida, tentava, pelo WhatSapp, vender um produto para clareamento de pele e perguntou se eu tinha manchas na axila. Mandou uma foto da solução e eu achei por bem tirar uma foto e enviar com a legenda "Veja se necessito". Daí nasceu a estrofe.

sexta-feira, 31 de maio de 2019

CANGACEIRO DA LUZ





COMENTÁRIOS:

Cristiane Praxedes Nóbrega Menino, e o cangaceiro da foto és tu? Fazendo análise verbo-visual!! Rssss com toda a licença poética possível.

Edmilson Alves Excelente!
Parabéns
  • Luciana Nales Araujo Arrasou bravas palavras que penetre nos corações obscuros dos que covardemente não usam da boa fé e do poder da compreensão fazendo brilhar assim sua luz professor cangaceiro Gilberto,sempre abrindo caminho para um bom diálogo!!👏👏👏👏👏👏

Excelente!!!!

  • Joseni Santos 🤣🤣🤣🤣👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻
  • Rita De Cassia Alves Isso é legal👍👍
  • Almandina Castilho Show! Brilhas como um lampião aceso , de chama inextinguível, nunca como o Lampião assassino cruel. Grande poeta cuiteense.
Luciclaudio Bezerra Muito bom! Parabéns.

Jane De Balele Balele Grande artista!👏👏👏👏

Sônia Dias 👏👏👏👏👏👏

Marta Maria É um artista mesmo.